Peão morre na Expoingá

2214

O competidor Giliard Antônio da Silva, de 24 anos, faleceu durante a prova de montaria em touros do Monster Energy PBR em Maringá (PR), na noite de domingo, 13 de maio de 2018.

Giliard caiu, porém ficou com a mão presa ao touro ‘cineasta’ (de uma tonelada), levou um pisão bem forte, levanto-se, foi socorrido pelo palhaço, porém voltou a cair no chão, já desmaiado. Todos os procedimentos necessários foram tomados pela equipe médica no local, ele saiu na maca, tentaram reanima-lo por aproximadamente 40 minutos, mas infelizmente ele veio a falecer.

Giliard Antônio é considerado um dos melhores peões do Brasil, vencedor de vários títulos, liderou o campeonato de 2016 por diversos mese, estava a um ano e dois meses parado devido a contusão séria.

Segundo informações, a causa da morte foi ‘fratura de cervical’, ele teve parada cardiorrespiratória imediatamente depois do acidente. A PBR Brasil continuou a prova.

Giliard Antônio é da cidade de Monte Belo, Minas Gerais, deixou esposa e filha de um ano. No Facebook ele prestou homenagem a esposa pelo Dia das Mães.

32503593_2112580398769806_2762204200904425472_n

PBR Brazil postou nota comunicando o falecimento em seu Facebook:

É com pesar que a PBR (Professional Bull Riders) Brasil e a Sociedade Rural de Maringá informam o falecimento do competidor Giliard Antonio, 24 anos, ocorrido durante o Monster Energy PBR em Maringá (PR), na noite de domingo, 13 de maio de 2018. Todos os procedimentos necessários foram tomados pela equipe médica no local. A PBR Brasil e a Sociedade Rural de Maringá estão dando todo suporte à família do competidor. Pedimos aos fãs muitas orações.

Veja o video:
Compartilhar