Alunos participam de palestra sobre violência e exploração sexual

215

Nesta segunda-feira (13), por meio da Secretaria de Assistência Social, o Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS) e o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), realizaram uma palestra em alusão ao dia 18 de maio, o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”.O público alvo foram as crianças do 3º, 4º e 5º ano, com as idades entre 08 e 10 anos, alunos da Escola Municipal Walter Antunes Pereira.

A palestra foi realizada pela psicóloga do CREAS, Aline de Freitas Castanho, e pela psicóloga do CRAS, Amanda Adão Pereira, tratando sobre a prevenção e o enfrentamento das violências contra criança e adolescente.

“O objetivo desta ação é conscientizar, sensibilizar e alertar a sociedade, principalmente as crianças e adolescentes, é vítima desta violência que pode ser considerada como uma das piores formas de agressão, já que a maioria dos casos o agressor é uma pessoa que a criança conhece, confia e muitas vezes da própria família. Esquecer é permitir, lembrar é combater”, ressaltou Maria de Lourdes Almeida Paes, coordenadora do CREAS.

Dia Nacional

O dia 18 de maio tornou-se referência no combate à violência sexual contra crianças e adolescentes em decorrência da violência contra uma criança ocorrida em 1973, em Vitória – Espírito Santo. A menina Araceli Santos, com apenas 8 anos de idade foi sequestrada, drogada, violentada e cruelmente morta por jovens de classe média-alta da sociedade capixaba. Os mesmos nunca foram punidos pelo crime que cometeram.

Infelizmente, o “caso Araceli” foi apenas mais um entre tantos que acontecem em nosso dia-a-dia, manchando a sociedade brasileira, através desta cruel forma de violação de direitos e degradação da vida humana, especialmente da infância e adolescência. No Brasil, a problemática da violência sexual contra crianças e adolescentes tem se manifestado através do abuso intra e extra familiar e da exploração sexual comercial, tornando-se cada vez mais evidente.

Em decorrência deste fato, o dia 18 de maio de 2000 foi instituído, através da Lei nº 9.970/00, como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, e traz consigo um importante alerta à sociedade para o reconhecimento da problemática e sua denúncia.

Assessoria PMM.

 

Compartilhar