Aberto processo licitatório para aquisição de caminhão para coleta seletiva

247

A Prefeitura do Município de Mandaguari está com processo licitatório aberto para aquisição de um caminhão para reforçar a coleta seletiva, no valor máximo de R$ 290 mil. O veículo, viabilizado através do trabalho parlamentar do deputado estadual Doutor Batista, faz parte de um convênio do Sistema Integrado de Coleta Seletiva, coordenado pelo Instituto Águas do Paraná, vinculado à Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos.

“Com esse novo equipamento, o serviço de coleta seletiva em nosso município será ainda mais eficiente, bem como irá trazer mais segurança aos catadores e facilidade no transporte”, enfatiza o prefeito Romualdo Batista, que no final do mês de maio último já havia assinado convênio na cidade de São Jorge do Ivaí para aquisição de equipamentos para barracão de coleta seletiva e 30 lixeiras.

“São equipamentos que vão oferecer condições aos recicladores para trabalharem de forma mais ágil e segura, proporcionando melhoria nas condições de vida, trabalho e renda”, concluiu o prefeito.

O Sistema Integrado de Coleta Seletiva, desenvolvido pelo Instituto das Águas do Paraná, além de promover a preservação do meio ambiente e se preocupar com a saúde pública, é inovador no que tange a sustentabilidade dos recicladores e conscientização da população através da educação ambiental.

O SISTEMA

Realizado por meio de convênio com as prefeituras, a primeira etapa do Sistema Integrado de Coleta Seletiva consiste na liberação de recursos para a aquisição de um caminhão próprio para a coleta seletiva. Como contrapartida, o município se responsabiliza pela instalação dos barracões da unidade de processamento dos materiais recicláveis, o que já é feito em Mandaguari numa parceria entre o município e a Acaman (Associação dos Catadores de Recicláveis de Mandaguari). Em outra etapa, serão destinados os equipamentos para a triagem e reciclagem, conforme a necessidade de cada município.

Assessoria PMM.

 

Compartilhar