Agricultura prossegue cadastramento no Programa de Revitalização da Cafeicultura

218

O Programa de Revitalização da Cafeicultura continua cadastrando os produtores interessados em receber um lote das 200 mil mudas que serão entregues neste começo de ano. Até agora foram cadastrados 50 cafeicultores que, se preencherem os requisitos do programa, receberão um lote de mudas.

Segundo a Secretaria de Agricultura e Abastecimento, desde que foi lançado o programa já distribuiu 500 mil mudas. O cadastramento dos produtores que se enquadram no programa começa a ser efetuado até o final do mês de janeiro na secretaria, localizada no andar superior do Paço Municipal. São parceiros neste programa os agricultores, Emater-Pr, Cocari, Maplan (Planejamento e Administração Agropecuária) e Cafeeira Boa Esperança.

O programa visa beneficiar aos cafeicultores do Município de Mandaguari, que atendam concomitantemente aos seguintes requisitos: apresentar laudo da “Comissão Técnica do Café”, formada por técnico do Município, membro do Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural – EMATER de Mandaguari e membro da Cooperativa Agropecuária e Industrial de Mandaguari – COCARI; apresentar registro no CAD-Pró, com, pelo menos, uma nota de produtos rural emitida; e apresentar declaração de plantio das mudas e uso de tecnologia assinada pelo beneficiado.Ainda de acordo com a regulamentação do programa serão subsidiados até 10 mil mudas por cafeicultor que atenda aos requisitos. O laudo para a concessão do benefício, no percentual de 10% a 100%, será emitido pela Comissão Técnica do Café, levando e, consideração tecnologia a ser utilizada no plantio e conclusão da lavoura cafeeira.

Assessoria PMM.

 

Compartilhar