Bandidos morrem em confronto com a policia em Marialva

1999

Dois bandidos (ainda não identificados) morreram na noite de domingo (20) ao entrarem em confronto com a equipe do Choque Canil em Marialva.

Segundo as informações oficias levantadas por nossa equipe no local, por volta das 19h um vigilante acionou a Polícia Militar ao desconfiar de que dois homens em um veículo GM Vectra de cor Branca pretendiam “ganhar” um posto de combustíveis localizado entre Maringá e Marialva. Através da placa do veículo foi confirmado que o mesmo estava com um alerta de furto na cidade de Apucarana-PR no mesmo dia (20) por volta das 3h.

A Polícia Militar começou a monitorar os suspeitos que ao perceberam que estavam sendo seguidos abriram fogo na direção da viatura. A partir dai uma grande mobilização envolvendo a Policia Militar, CHOQUE e ROTAM começou, dando início a uma busca que se desenrolou noite a dentro.

Os elementos se deslocaram de Sarandi até Marialva e na tentativa de despistar os policiais acabaram entrando em uma estrada rural mas nesse momento a PM de Marialva conseguiu contato visual com o veículo dos bandidos que ao tentar voltar para a BR-376 acabaram capotando o veículo nas proximidades do Motel Greenish.

Os dois bandidos continuaram fugindo a pé em meio ao matagal, e nesse momento a equipe da CHOQUE CANIL DE MARINGÁ foi solicitada e as buscas com cães farejadores acabaram levando os policiais a passar por debaixo da pista pelo riacho conhecido como “Rio Mortinho” e posteriormente atravessar novamente a BR, agora pela pista indo em direção ao Jd. Hamada em Marialva.

Quando as buscas já estavam praticamente encerradas, um morador acionou a PM informando que dois homens armados tentaram pular o muro de uma residencia no Jd. Eldorado e fugiram pelos terrenos baldios em direção ao Jd. Hamada. Após quase 4 horas de perseguição e buscas em meio a mata e terrenos com o mato alto pela falta de roçada, os elementos foram localizados em um terreno baldio tentando se esconder em meio ao colonhão com mais de 2 metros de altura, e ao serem abordados desobedeceram o pedido para se renderem a jogarem as armas e em um novo confronto foram alvejados. A Defesa Civil de Marialva esteve no local e acionou o veículo de intervenção médica avançada do SIATE que constatou o que os dois elementos realmente estavam em óbito.

Fonte Tribuna Interativa.

Compartilhar