Criança indígena morre após ser atropelada por moto em Maringá

718
Maringá Manchete

Uma criança de quatro anos de idade de origem indígena esteve internada em coma na UTI desde a madrugada deste domingo (22) e faleceu por volta das 13h de domingo depois de ter sofrido um acidente na noite de sábado (21) na Avenida Guaiapó, em Maringá.
A criança  atravessou a avenida quando foi atingida por uma motocicleta Honda NX Falcon que era pilotada por Reginaldo de Almeida Brito, de 22 anos.
Testemunhas relataram que a moto estava em baixa velocidade, e que a índia não olhou ao atravessar a pista. A criança, estava acompanhada da mãe, e deixou a Casa do Índio, criada ano passado pela administração municipal para abrigar grupos em trânsito pela cidade, e se dirigia ao comércio nas proximidades. A vítima sofreu traumatismo craniano grave e teve uma parada cardíaca.

Equipes do Samu reanimaram a criança ainda no chão.
Depois de vários procedimentos, a garotinha foi transportada até o pronto socorro do Hospital Universitário onde teve outra parada cardíaca.
O médico do Samu juntamente com enfermeiros novamente reanimaram a vítima até ser estabilizada. No início da madrugada, a índia foi encaminhada para o Hospital Metropolitano de Sarandi e faleceu no início da tarde de domingo.

Compartilhar