Detran-PR realiza primeira PoC do talonário eletrônico

430

O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR) realizou, na tarde de sexta-feira (29), a primeira Prova de Conceito (PoC), do talonário eletrônico, a forma digital do “bloco de multas”.

Junto com agentes do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) da Polícia Militar, foi montada uma blitz de fiscalização na Av. Victor Ferreira do Amaral, em frente do Jockey Club, sentido centro. Após a abordagem e constatação de irregularidades, os PM’s puderam utilizar o aplicativo do talonário eletrônico em smartphones e lavrar o auto de infração.

Para o capitão Márcio Rodrigues, a vantagem do uso do talonário eletrônico é que minimiza o erro no preenchimento do auto de infração. “O talonário eletrônico não permite que você insira dados equivocados, pois já é possível verificar no mesmo momento. Não terá erros por letra, erro porque a caneta estourou ou algo assim. Teremos muito menos perdas de autos de infração”, comenta.

Após a utilização, os agentes deram suas opiniões e sugestões de melhorias que só podem ser vistos quando se é utilizado na prática. Segundo Leandro Lisboa, da Coordenadoria de Infrações, que participou do processo de criação do aplicativo, “no momento da teoria nós pensamos em todos os cenários, tudo o que pode acontecer. Na prática é bem diferente. Acontecem coisas que não podemos prever e, por isso, uma PoC é tão necessária”.

De acordo com a diretora de tecnologia e desenvolvimento do Detran, Jaqueline Almeida, “o talonário eletrônico, assim que implantado, trará grande eficiência para os agentes e autoridades de trânsito, trazendo impactos muitos positivos para a população. Com o projeto, serão reduzidos consideravelmente os erros e equívocos na lavratura dos autos de infração. A prática de realizar provas de conceito (PoC) se faz necessária para que os resultados dos projetos  cumpram plenamente seus objetivos”.

A primeira experiência com a utilização do equipamento foi positiva, na visão dos agentes. “Estamos olhando e sugerindo um detalhe ou outro que possam facilitar ainda mais nosso serviço”, afirma o capitão Rodrigues.

Detran Paraná.

 

Compartilhar