Gritos de socorro em igreja durante a madrugada mobiliza PM

3335

A equipe da Polícia Militar foi chamada em uma igreja na Rua Rufino Maciel às 2h50 desta quinta-feira (11) onde segundo solicitação anônima uma pessoa gritava por socorro no interior da igreja.

No local os policiais ouviram os gritos, entraram no local e deram voz de abordagem a um indivíduo, não sendo nada de ilícito encontrado com ele.

No banheiro da igreja encontrava-se uma mulher, que relatou a equipe ser gestante e que teria discutido com seu amásio , sendo que durante a discussão começou a sentir fortes dores abdominais. Foi então acionada a equipe do SAMU e neste momento, sem motivos aparentes, a gestante informou que não queria atendimento e saiu correndo do local, não sendo mais visualizada pela equipe.

Indagado o indivíduo por qual motivo sua amásia não queria atendimento, o mesmo relatou que ambos consumiram drogas “crack” no interior da igreja e a mesma estaria com medo da equipe do SAMU sequestrar seu filho. Relatou ainda que o pastor da igreja permitiu que ambos ficassem no local por um breve período.

Foi realizada  vistoria na igreja no intuito de localizar drogas ilícitas porém nada fora localizado.

Ninguém foi preso.

Compartilhar