Investigadora de Apucarana teria matado o filho e cometido suicídio

3085

Uma investigadora da Polícia Civil de Apucarana teria matado o filho a tiros, e em seguida cometido suicídio na cidade de Cambé. Após dois dias sem dar notícias, familiares foram na tarde desta sexta-feira (6), na casa da investigadora que fica localizada em um condomínio fechado na cidade de Cambé.

Segundo informações o crime teria acontecido a cerca de dois dias. Mileide deixou uma carta explicando a motivação do crime. Ela teria perdido a guarda do filho para o ex-marido, do qual ela relata na carta ter abusado da criança em fevereiro de 2017.

Compartilhar