MTZ assume de forma gratuita os cadastros de veículos

664

Membros do Movimento Tarifa Zero (MTZ) responsáveis pela luta que gerou a abertura da Estrada Terra Roxa, e os 80% de desconto na Praça de Pedágio de Mandaguari, entregaram na manhã de segunda-feira (4), um ofício endereçados à Prefeitura Municipal e outro ao Legislativo manifestando o desejo de realizar o cadastramento e recadastramento dos veículos com placas de Mandaguari que utilizam a Praça de Pedágio local.

O documento foi assinado pelos membros: Carlos Augusto Ribeiro de Oliveira; Marcos Cesar Esteves Pinhas; João Jorge Marques; Wagner Guiraldelli; Alexandre Lauro Stroher; Alexandre Vrenna; Orivaldo Siquineli e Alessadro Capoia, onde ambos protocolaram e entregaram para o prefeito e presidente da Câmara.

Vale ressaltar que, desde 2017, quando aconteceu a Vitória do povo de Mandaguari em cima da Viapar, um acerto entre MTZ, Prefeitura Municipal e Câmara de Vereadores, ficou decidido que a ARD (Agência Regional de Desenvolvimento) ficaria responsável pelos cadastros, já que na ocasião, a Prefeitura “não deu conta do recado”, através de uma simbólica taxa.

Desde então, algumas pessoas questionaram a ARD de forma contínua, e até entraram na Justiça, pedindo a gratuidade do serviço. Apesar desse período, alguns vereadores esperaram chegar à vésperas das eleições e cobraram a Prefeitura para que os cadastros fossem gratuitos. Com isso, a ARD entrega o comando dos cadastros, e está nas mãos do prefeito a decisão de repassar os cadastros. “Qualquer órgão, que não for o MTZ, que for fazer o cadastro, será considerado uma traição contra Mandaguari, contra o povo de nossa cidade e contra a História”.

Por Fernando Damas.

 

Compartilhar