Polícia Militar de Mandaguari recebe mais uma viatura

756

Em solenidade realização no 2º Pelotão da Polícia Militar de Mandaguari, foi realizada a entrega de mais uma viatura para a corporação, que já contava com quatro veículos e duas motocicletas. O veículo, que foi cedido pelo 4º Batalhão da Polícia Militar (BPM) será utilizado pela equipe da ROTAM – Rondas Ostensivas Tático Móvel, viatura esta solicitada pelo governo municipal,  solicitada pelo Conselho de Segurança Pioneiro em reunião de apresentação dos conselheiros ao almoço oferecido ao deputado Tiago Amaral, o qual reforçou o pedido ao Tenente-Coronel Paschoal para que cedesse esta VTR ao município de Mandaguari.

O evento teve as presenças do comandante do 4º BPM, Tenente-Coronel Ademar Paschoal, do subcomandante Major Ademir da Fonseca Júnior, do comandante da 3ª Cia da PM da Marialva, 1º Tenente Jefferson Thomaz Alves de Carvalho, do comandante do Pelotão local, Tenente João Marcos Dutra da Silva, do prefeito Romualdo Batista, do vice- Ari Stroher, dos vereadores Hudson Guimarães (presidente do Legislativo), Jocelino Tavares, Eron Barbiero e Márcia Serafini. O Conselho Municipal de Segurança (Conseg Pioneiros) esteve representado pelo presidente Fernando Nanúncio e pelo tesoureiro Carlos Dianin. O inspetor Pedro Farias representou Policia Rodoviária Federal. O delegado da Polícia Civil, Zoroastro Nery do Prado Filho, foi representado pelo escrivão Thiago Silva. A solenidade contou também com as presença de Sérgio Ferreira da Ciretran local, dos secretários municipais Paulo Conte (Desenvolvimento Econômico) e Leandro Correa (Obras).

O Tenente-Coronel Pascoal, que fez questão de estar presente, destacou o trabalho conjunto realizado em prol da Polícia Militar de local. “Observamos aqui o emprenho do conselho de segurança, da Prefeitura, da Câmara de Vereadores, da comunidade a integração com a Polícia Civil”, destacou.

O prefeito Romualdo Batista também observou a integração em torno da segurança pública do município. “Essa união de esforços é muito válida e necessária para nos fortalecer cada vez mais, com a prevalência do bom senso”, afirmou ele.

 

Compartilhar