RCP Day capacitou população sobre procedimentos cardíacos

171

A população que passou pela praça Independência na manhã do último sábado teve a oportunidade de vivenciar o RCP Day (Dia da Reanimação Cardiorrespiratória) e aprender procedimentos de primeiros socorros para ajudar a salvar vidas.

A secretária interina de Saúde, Deise Vernillo, acompanhou os trabalhos dos profissionais do SAMU que percorreram alguns municípios promovendo o RCP Day. “É um dia importante, de ensinamentos básicos que podem salvar vidas. Todos que passaram por aqui hoje estão capacitados para contribuir e prestar os primeiros atendimentos até a chegada dos profissionais de saúde. Agradeço a equipe do SAMU que proporcionou essa manhã de aprendizado”.

O enfermeiro intervencionista e Coordenador do Núcleo de Educação e Pesquisa do SAMU, Jean Michel Brito Costa, explicou que o objetivo de ampliar a capacitação foi pensando justamente em alcançar mais pessoas. “Infelizmente, o número de óbitos em decorrência de parada cardiorrespiratória é bastante elevado, queremos, por meio da transmissão do conhecimento ajudar as pessoas a salvar vidas enquanto o resgate está a caminho”, diz.

Uma parada cardíaca pode acontecer em decorrência de obstrução de vias respiratórias, sangramento intenso, traumas, problemas cardíacos, choque elétrico, entre outros. O enfermeiro explica que para identificar uma parada, é preciso verificar se a vítima está inconsciente e sem respirar. “Em caso afirmativo, é fundamental acionar o socorro médico e iniciar o quanto antes o procedimento de reanimação e é isso que vamos ensinar”.

Segundo o Ministério da Saúde, no Brasil, a cada 90 segundos uma pessoa sofre uma parada cardiorrespiratória e 90% dessas pessoas morrem antes mesmo de chegar ao hospital. Por isso, os primeiros socorros são fundamentais para salvar essas vítimas.

Assessoria PMM.

Compartilhar