Viapar faz proposta que permitirá Tarifa Zero. Comunidade será consultada para decidir

2215

Avançou muito. Em reunião com quatro horas de duração, a concessionária Viapar admitiu a possibilidade de Tarifa Zero para veículos com placas de Mandaguari. Participaram do encontro o presidente Camilo Carvalho, engenheiro chefe Jackson Seneme e advogada Morzelle. De Mandaguari, 11 representantes do Movimento Tarifa Zero, prefeito Romualdo Batista, vice Ari Stroher e Presidente da Câmara, Jocelino Tavares.

De acordo com proposta da Viapar, o usuário terá duas opções ao trafegar pela BR 376 na ligação com Marialva. Pela Estrada Terra Roxa seria colocada uma cancela para quem optar por não pagar a tarifa.

Por outro lado há a opção do “asfalto”, com tarifa próximo dos R$ 2,00, o que daria um desconto de 75%. Nessa hipótese caminhões com até três eixos serão contemplados, além de motos, todos com o desconto proporcional.

Representantes do Movimento Tarifa Zero encararam a proposta como o maior avanço possível. Haverá uma espécie de audiência pública na próxima terça-feira (18) para referendar a proposta. O encontro será às 19 horas no Centro de Convenções Dr. Décio Bacelar. Na ocasião, serão sanadas todas as dúvidas que têm surgido sobre o eventual acordo.

Vale ressaltar que caso a comunidade aceite o acordo, o objetivo da Tarifa Zero será atingido para quem optar pela Terra Roxa. Os usuários que optarem pela pista terão uma tarifa infinitamente menor que as praticadas atualmente, os agricultores resolverão o problema do tráfego externo que prejudica suas culturas, e o município evitará uma disputa judicial contra a Viapar, sempre amparada por um contrato “bem amarrado”, que lhe dá todas as garantias de cobrança.

A decisão está nas mãos da comunidade.

 

Compartilhar