Policiais são atacados por cães durante prisão de acusado em Jandaia

534

A ocorrência foi registrada às 15h05 de terça-feira (8) no Jardim Esmeralda em Jandaia do Sul.

Foi repassado via COPOM que de acordo com relato da solicitante, sua casa teria sido arrombada e teriam revirado seus pertences. De imediato a equipe foi até ao local onde a senhora——– se identificou como a solicitante e vítima, relatou que teria saído de casa e seu tio, o senhor que mora no fundo, teria ligado para ela informando que teria visto uma pessoa pulando o muro da residência, momento este que a mesma ligou para a Polícia Militar.

Ainda no local o senhor  que mora na residência dos fundos, presenciou todo o ocorrido e identificou o autor como Yuri, indivíduo conhecido no meio policial pela prática de diversos delitos. Durante uma rápida inspeção na residência, a vítima deu por falta apenas de uma quantia em dinheiro, seus pertences todos revirados e a porta dos fundos arrombada.

Dados os fatos, esta equipe realizou uma busca nas mediações onde o acusado foi localizado e, ao ser dada a voz de abordagem tentou fugir, sendo contido e imobilizado, momento este que seus familiares tentaram impedir a prisão do autor, onde a senhora xxx, chegou a empurrar um dos policiais, a fim de impedi-lo, e a pessoa de xxxxx, o qual está cumprindo pena, sendo monitorado eletronicamente, soltou e incitou seus cachorros contra a equipe policial, onde os animais chegaram a morder as pernas dos policiais causando escoriações e arranhões.

O autor do furto teve de ser algemado por estar resistindo a prisão, e quando foi ser colocado no interior da viatura, um dos cachorros atacou novamente o policial que estaria fazendo a guarda de xxxx, que se aproveitou da ocasião e empreendeu fuga, onde se embreou em uma mata e acabou sumindo da vista da equipe, onde foi solicitado o apoio da equipe da Rotam, momentos depois o indivíduo foi localizado e contido novamente, onde foi necessário o uso da força progressiva e moderada apara contê-lo, onde ele resistiu a prisão novamente, desferindo socos e chutes e acabou causando escoriações no braço direito do Sd. xxxxx, e o autor acabou sofrendo algumas escoriações nos braços e face.

Dados os fatos, a equipe policial retornou até ao local da abordagem, onde apenas xxxx se encontrava no local, xxxxxxx já tinha se evadido.

Durante a confecção do boletim de ocorrência o senhor xxxxx avistou a vítima e começou a ameaçá-la, dizendo que” isso não ficaria assim, que ele iria cobrar essa fita”.

Posterior ao término do boletim todos os envolvidos foram conduzidos para Delegacia de Polícia de Jandaia do Sul para serem tomadas as medidas necessárias.

O acusado nega ser o autor do furto.

Compartilhar