Motorista que morreu carbonizado em acidente em Maringá, é identificado

877

Foi identificado nas últimas horas no Instituto Médico Legal de Maringá, o motorista que morreu carbonizado em um trágico acidente registrado no KM 87 da rodovia PR-317. Trata-se de Édson Luiz de Andrade, de 46 anos. O profissional do volante residia na cidade de Irati-PR. Familiares estão em Maringá, agilizando toda a documentação necessária, para fazerem a liberação do corpo. Por conta do estado em que se encontra o corpo do motorista, totalmente carbonizado, o reconhecimento é feito através do exame de DNA, dessa forma a liberação é demorada. O acidente que envolveu duas carretas e uma Van, deixou uma vítima fatal e 4 pessoas feridas. Familiares e amigos do carreteiro que morreu, usaram as redes sociais para lamentar a morte do profissional do volante.

Detalhes do acidente

Um motorista morreu carbonizado no final da manhã desta quarta-feira, (18/11), em um trágico acidente registrado na rodovia PR-317, mais precisamente na saída de Maringá para Iguaraçu. O acidente envolveu duas carretas e uma Van que pertence a Secretaria de Saúde de Nossa Senhora das Graças-PR. Além do profissional do volante que morreu, outras 4 pessoas que ocupavam a Van, ficaram feridas, porém sem gravidade. Para atender as vítimas foi mobilizado um grande aparato do Corpo de Bombeiros e Samu. Patrulheiros da Polícia Rodoviária Estadual, estiveram no local do ocorrido, para apurar as circunstâncias do acidente. Porém algumas testemunhas relataram que os três veículos trafegavam sentido a Maringá. Repentinamente o motorista de uma carreta com placas de Irati-PR, colidiu violentamente na traseira de um Bi-trem do Estado do Pará, transportando madeiras. Logo na sequência, a Van de Nossa Senhora das Graças, colidiu contra a traseira da carreta de Irati. O motorista da carreta de Irati, ficou preso entre as ferragens da cabine. Infelizmente o veículo pegou fogo e o profissional do volante não conseguiu sair. Usuários da rodovia fizeram de tudo para resgatar o motorista mas não obtiveram êxito. Em poucos minutos as chamas se espalharam por toda cabine e o motorista morreu queimado. Populares filmaram a carreta pegando fogo. A carreta estava transportando uma carga de placas de isopor. O fogo também atingiu a carga. No veículo da saúde, além do motorista estavam 5 pessoas. Elas viriam a Maringá em busca de atendimento médico. Por conta do ocorrido, a pista ficou interditada em ambos os sentidos, gerando um grande congestionamento. O corpo do motorista que morreu foi removido e encaminhado ao IML de Maringá.

Plantão Maringá/ Por Rubens Silva.

 

 

 

 

Compartilhar