Padre Marinaldo de Mariluz morre em decorrência da Covid-19, em Campo Mourão

955

Pai, mãe e filho não resistiram e morreram após a contaminação pela doença. O irmão do religioso passa bem

O Padre Marinaldo Batista, de 53 anos, morreu na madrugada desta quinta-feira (1º), em decorrência da Covid-19. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em Campo Mourão.

O religioso estava internado desde o dia 09 de março, quatro dias após perder o pai também para o novo coronavírus. Na semana passada, a mãe do padre, Isabel Trecossi morreu por complicações da doença. À época o padre já estava em estado gravíssimo e nem soube sobre o falecimento de sua mãe.

O padre Marinaldo é natural de Mariluz e estava em férias na cidade quando contraiu a doença. Um dos irmãos (do padre) foi contaminado pela Covid-19 no trabalho e acabou espalhando a doença entre os familiares. Pai, mãe e irmão não resistiram e morreram. O irmão passa bem.

Marinaldo já foi pároco na diocese de Campo Mourão, na Paróquia do Jardim Aeroporto, mas atualmente estava atuando em Bristol, nos Estados Unidos. Recentemente o padre havia completado 25 anos de sacerdócio.

Marinaldo Batista será sepultado no cemitério municipal de Mariluz juntamente com os pais.

A Paróquia Santo Antônio de Mariluz lamentou a morte do religioso.

O BEMDITO.

 

 

Compartilhar